BLOG
FIQUE POR DENTRO!

CONHEÇA MAIS SOBRE AS DORES EM INGLÊS

CONHEÇA MAIS SOBRE AS DORES EM INGLÊS
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Aprender inglês não precisa ser uma experiência dolorosa. Mas não há como fugir de alguns desconfortos ao longo do processo de aprendizado. Afinal, aprender uma língua inteira, com as complexidades da gramática, pronúncia e os múltiplos significados do vocabulário, pode dar um pouco de dor de cabeça. Neste texto, vamos tirar uma dúvida comum: como podemos nos referir às diferentes sensações de dor em inglês?

E claro: qual é a diferença entre pain, ache e hurt, afinal?

Não se preocupe, o alívio vem logo abaixo…

Pain / Ache

Começaremos com pain e ache pela enorme semelhança entre elas. As duas palavras são mais comuns quando são substantivos do que quando são verbos. E também podem ser usadas como sinônimos diretos. O significado em português para as duas, neste caso, é simplesmente “dor”.

Por exemplo:

Back pain pode ser backache (dor nas costas)

Headache é dor cabeça.

Stomachache é dor de estômago.

Neckache pode ser neck pain (dor no pescoço).

Toothache pode ser tooth pain (dor de dente).

Mas há uma diferença sutil e importante entre pain e ache. Enquanto ache se refere a um desconforto contínuo, uma prolongada, porém não aguda dor, pain é mais associada à dor de momento. Quando você acidentalmente acerta o mindinho na quina da mesa, a sensação é de pain.

Há, inclusive, a expressão “aches and pains” que é usada para se referir à coletividade de dores e desconfortos que uma pessoa pode sentir:

 

My mom is getting older and now she is constantly complaining about her aches and pains. (Minha mãe está ficando mais velha e agora ela está constantemente reclamando de suas dores).

Pain and ache – como verbos

Um uso menos comum, porém ainda importante, para essas palavras é quando elas são verbos. Neste caso, é mais comum que elas se refiram a dores e desconfortos emocionais.

Por exemplo:

It pains me to say this, but I’m afraid we’ll no longer be relying on your services, Michael.

(Dói em mim dizer isso, mas temo que não mais contaremos com os seus serviços, Michael).

 

No exemplo acima, Michael é demitido de uma forma polida por seu chefe, que, não se sabe se honestamente ou não, diz que a notícia é dolorosa para ele também.

Já no caso abaixo,

My heart aches for your touch.

(Meu coração dói pelo seu toque.)

Temos uma dor da alma, o coração doído de uma pessoa que sente falta de alguém.

Neste último caso, também temos o muito comum substantivo heartache (“dor de coração”) para se referir à angústia (do amor, principalmente).

Hurt

hurt é bem mais comum como verbo – como “doer” e “ferir” ou “machucar”.

Se você tem stomachache, pode dizer: my stomach hurts (meu estômago/barriga dói).

E também:

– Do you still feel pain on your foot from accidentally hitting it on desk? (Você ainda sente dor no pé por acidentalmente acertá-lo na mesa?)

– Yes, my foot still hurts a lot! (Sim, meu pé ainda dói muito!)

Como “machucar” ou “ferir”:

– Be careful with those scissors, I don’t want you to hurt yourself! (Tenha cuidado com essas tesouras, eu não quero que você se machuque!)

– Mark is a great boxer. He really hurt the last guy who challenged him for the belt.

(Mark é um grande boxeador. Ele realmente machucou o último cara que o desafiou pelo cinturão).

O lado emocional de hurt

Assim como pain e ache, hurt também pode ser usado para se referir às dores emocionais. Por exemplo:

I am really hurt that she didn’t tell me she was going to move abroad.

(Estou realmente machucado que ela não me disse que ia se mudar para o exterior).

– I didn’t mean what I said to you yesterday. I’m sorry that I hurt your feelings.

(Eu não quis dizer aquilo que te disse ontem. Desculpe que eu machuquei os seus sentimentos).

 

No primeiro dos dois exemplos acima, hurt (machucado) é adjetivo, tendo outros sinônimos possíveis como:

Upset (magoado, chateado)

Hearbroken (de coração partido)

Sad (triste)

Bothered (perturbado, mexido).

Outras palavras

Mas as dores são muitas, físicas ou psicológicas. Por isso, vamos aproveitar para expandir o nosso vocabulário com uma pequena lista de adjetivos relacionados a esses desconfortos:

Achy – dolorido – My shoulder feels achy. (Meu ombro está dolorido).

Agonizing – agonizante – She has agonizing headaches sometimes. (Ela tem dores de cabeça agonizantes às vezes).

Chronic – crônico – I have a chronic pain in my stomach. (Tenho uma dor crônica no estômago).

Dull – chata, constante – It’s not an acute pain. It’s a dull ache that simply won’t go away. (Não é uma dor aguda. É uma dor constante que simplesmente não vai embora).

Excruciating – excruciante (pouco comum em português, mas bastante comum em inglês – They say that giving birth for the first time can be a really excruciating pain. (Dizem que dar à luz pela primeira vez pode ser uma dor realmente excruciante).

Painful – doloroso – It’s painful to see so much suffering in poor countries. (É doloroso ver tanto sofrimento em países pobres).

Tender – dolorido, sensível ­– My foot is much better now, but it’s still a little tender, so I’m avoiding tight shoes. (Meu pé está muito melhor agora, mas ainda está um pouco dolorido, por isso estou evitando sapatos apertados).

É isso! Esperamos que esteja devidamente curado da confusão entre pain, ache e hurt. E aliviado por ter aumentado o seu vocabulário!

Mas lembre-se que o analgésico ideal para as dores do inglês é uma boa educação! Então venha empoderar o seu inglês na Beils!

Conecte-se com a gente!

Você sabe qual o seu nível de inglês?

Venha testar o seu nível

de inglês

Nas habilidades seguintes:

Gramática e vocabulário

Compreensão de textos

Compreensão auditiva