BLOG
FIQUE POR DENTRO!

TENHO DIFICULDADE EM APRENDER INGLÊS. COMO MELHORAR?

TENHO DIFICULDADE EM APRENDER INGLÊS. COMO MELHORAR?
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Tenho dificuldade em aprender inglês. Como melhorar?

Este é um texto especial para quem não consegue aprender inglês, por mais que já tenha tentado. Se você se identifica, respire fundo e tome uns minutos da sua atenção para o que vamos dizer aqui. Vamos dar dicar simples e sérias para tirar esse carro do freio de mão e colocá-lo para rodar. Vamos, de forma breve, tentar explicar por que você tem tanta dificuldade e como superá-la.

 

Por que eu não consigo?

Há uma série de fatores que impedem as pessoas de deslancharem seu inglês. Muitas pessoas têm interesse no idioma, mas é um interesse que é quase como um sonho distante. Pode ser que elas tenham tido poucas oportunidades escolares em suas vidas. E o aprendizado, que poderia ser uma avenida, agora parece uma escalada montanha acima.

Ou seja, a pessoa tem interesse, mas não consegue lidar com aquilo porque tem dificuldades.

Por isso, vamos listar e definir algumas dessas principais dificuldades e dar dicas para resolvê-las:

 

  • Eu não entendo como uma língua funciona

“Parece até grego”. Essa expressão funciona de modo literal para muitos iniciantes em inglês também. Mas antes de atacar a língua inglesa, ajuda em muito saber o fundamental do que é uma língua. Ou mesmo do que é uma frase.

Uma frase clássica é formada por um sujeito, um verbo e um complemento. Por exemplo:

  • John is a farmer. (João é um fazendeiro).

João é um substantivo (nome de pessoas e coisas) e aqui funciona como o sujeito da frase.

O verbo to be (ser) é conjugado para o sujeito. E o sujeito é João. E como ele é um homem, ele pode ser trocado pelo pronome “ele” – “ele é um fazendeiro”. “Ele”, em inglês, é “he”. E a conjugação do verbo to be para he é is he is a farmer. 

O complemento é “a farmer” (um fazendeiro). Ele está formado pelo artigo indefinido “a” (um, uma) e o substantivo farmer (fazendeiro).

Esse artigo “a” é porque farmer começa com uma consoante – f. Se o substantivo começasse com uma vogal, como engineer (engenheiro), o artigo seria “an”:

  • John is an engineer (João é um engenheiro).

Depois disso, podemos criar uma pergunta com o mesmo conteúdo da frase. No caso do verbo to be, tudo que precisamos saber é que o verbo e o sujeito trocam de posição quando criamos uma pergunta:

  • Is John a farmer? (O João é um fazendeiro?)
  • Is John an engineer (O João é um engenheiro?)

E, depois, uma frase negativa. Para isso, temos que colocar a palavra not junto com o verbo – is not (não é). E você pode juntar o verbo e not numa palavra só – isn’t:

  • John is not a farmer. (O João não é um fazendeiro).
  • John isn’t an engineer. (O João não é um engenheiro).

Isso tudo é apenas para o verbo to be. Depois, você vai ver que os outros verbos vão exigir o uso de verbos auxiliares ­­– do / does. Mas não se preocupe com isso agora. Se você conquistar a sua meta de entender como criar diversas frases com o to be, já conseguirá ter mais intimidade com a língua e mais vocabulário…

Preciso brincar com o conteúdo

O verbo to be significa “ser” e “estar”. E há uma infinidade de coisas que uma pessoa ou uma coisa pode ser ou pode estar. É só olhar ao redor e o mundo vai te dar todas as oportunidades que você precisa para brincar com a língua e entendê-la. Por exemplo:

  • My dog is sick. (Meu cachorro está doente).
  • The painting is on the wall. (O quadro está na parede).
  • Is the report ready? (O relatório está pronto?)
  • This chair is black. (Esta cadeira é preta).
  • My sister isn’t here. (Minha irmã não está aqui).

E você também pode começar a pensar em si mesmo – nome, idade, profissão, nacionalidade, aparência, etc..

  • My name is Cláudio. (Meu nome é Cláudio)
  • I am twenty-six years old. (Em inglês, não se usa o verbo “ter” para idades).
  • I am an English student. (Eu sou um estudante de inglês).
  • I am Brazilian. (Eu sou brasileiro).
  • I am tall. (Eu sou alto).

Não tenha medo de errar. Procure entender e criar. Mostre ao teacher, ele indicará os caminhos.

Preciso estabelecer metas boas

Se você for um iniciante, você precisa entender um número limitado de temas gramaticais e funções da língua (apresentar-se, falar sobre outra pessoa, etc). E tudo isso vai envolver o uso de verbos no presente. E o verbo to be, como no caso acima, é o primeiro verbo que você precisa entender. Logo, se você souber falar de si e dos outros usando esse verbo e fazendo perguntas e frases negativas com ele, isso já é uma boa meta.

Atinja essa meta. Depois estabeleça outra: fazer frases afirmativas, negativas e perguntas com outros verbos importantes (com os auxiliares do e does). Por exemplo:

  • He plays football at school. (Ele joga futebol na escola).
  • She likes to dance. (Ela gosta de dançar).
  • I don’t have much free time. (Eu não tenho muito tempo livre).
  • Do you live nearby? (Você mora perto?)

Preciso explorar os meus interesses

É muito mais eficaz se o tema das nossas frases forem coisas relacionadas às nossas vidas:

  • I have a daughter.
  • I love her very much.
  • I am a financial analyst.
  • Financial Analisys is process of evaluating financial operations. (Análise Financeira é o processo de avaliar operações financeiras).

Assim, falando sobre você e as coisas que você faz e de que gosta, fica mais fácil pesquisar e encontrar o vocabulário que você precisa. E assim, falando do mundo ao redor (mais ou menos como uma criancinha aprendendo a falar), você vai ampliando o seu conhecimento.

Também é preciso…

As pessoas que mais têm facilidade com os idiomas são aquelas que têm o hábito da leitura – leem livros, poesias, reportagens, textos opinativos… Se você não tem esse hábito, aprender a língua poderá ser um processo doloroso. Leia bastante e comece a ler em inglês também, um texto por dia.

Não importa se você não entender tudo. Adquira o que conseguir de vocabulário e entenda a mensagem principal do texto. É como os exercícios físicos – doem no começo e depois você vai se acostumando.

Finalmente, seja honesto. Não tenha vergonha de ter dificuldade. Na verdade, procure entender onde a sua dificuldade está. Nada faz sentido? O do e o does não entram na cabeça? Seja o que for, conte abertamente ao seu professor que você está com problemas. A timidez ou a vergonha nunca ajudaram ninguém a aprender inglês.

Beils

A Beils é uma escola de inglês onde você aprende a língua no seu tempo, fazendo aulas em grupo, online e individuais – e a baixo custo. O material digital até corrige a sua pronúncia. E nós estamos preparados para atender até quem nunca falou nenhuma frase em inglês na vida!

Venha empoderar o seu inglês de uma vez por todas na Beils! Aproveite e conecte-se com a gente!

Você sabe qual o seu nível de inglês?

Venha testar o seu nível

de inglês

Nas habilidades seguintes:

Gramática e vocabulário

Compreensão de textos

Compreensão auditiva